Passeio de Carro Clássico em Cuba – Viagem Cultural Havana 500

Ao contrário do que alegam alguns, os Carros Clássicos em Cuba, não são “latarias velhas” que circulam devido à escassez de automóveis na ilha. Diversos modelos de descapotables (como os cubanos se referem aos conversíveis) norte-americanos datando das décadas de 1930 a 1950 foram declarados pelo governo “Monumento Nacional de Cuba”, ou seja, um patrimônio de valor imensurável, e são proibidos por lei de serem exportados ou de deixarem a ilha por qualquer que seja a razão.

Na década de 1920, a indústria de carros norte-americana, representada sobretudo pela Ford e Chevrolet, adentrou o mercado cubano, substituindo o predomínio de modelos europeus na ilha. Em 1959, a Revolução fez com que uma grande parte da elite fugisse do país, abandonando seus carros ou os destruindo antes. Atualmente, muitos desses veículos não apenas integram o roteiro dos turistas em Havana, como também fazem parte do cotidiano de muitos cubanos como transporte privado ou coletivo.

.

.

Existem uma série de modelos mais novos em circulação, desde o Lada soviético dos anos 1980 até carros mais modernos da década atual, principalmente marcas chinesas, como a Geely. A proposta dos Carros Clássicos é, contudo, diferente. 

.

carro chines geely

Carro da marca chinesa Geely em Cuba.

.

Geralmente, por serem carros elegantes e "exóticos", na perspectiva dos estrangeiros, os conversíveis são muito utilizados para levar turistas para passear por Havana. O trabalho árduo de constante reconstrução e manutenção por seus proprietários, auxiliados por diversos profissionais como construtores de carrocerias, estofadores, pintores e mecânicos, torna o processo uma verdadeira obra de arte.

.

.

Além de uma série de pontos importantes da cidade, o passeio do nosso grupo do Havana 500 incluiu uma parada na Plaza de la Revolución, onde constam o grande monumento em homenagem ao herói da independência de Cuba, José Martí, e os famosos prédios com as faces de Camilo Cienfuegos e Ernesto Che Guevara expostas em suas fachadas. 

.

.

Os descapotables anos 1950 são mais que um meio de transporte de luxo; assim como o complexo arquitetônico singular, eles integram a paisagem e a história da cidade e são motivo de orgulho para os habaneros. Por esta razão, o passeio de Carro Clássico configura entre um dos mais icônicos e imperdíveis e uma das formas mais divertidas de vivenciar Havana.

.

viagem cuba passeio

Grupo da Viagem Cultural Havana 500 aproveitando o passeio de Carro Clássico com os guias Jesus e Cláudia

Deixe um comentário

WhatsApp Contato por WhatsApp