Hemingway esteve aqui

Recomendamos alguns lugares icônicos que constavam na lista dos prediletos do escritor Ernest Hemingway em Havana.

.

Não é necessário caminhar durante muitas horas pelas ruas de Habana Vieja para perceber que permanece vívida a memória da presença do escritor norte-americano Ernest Hemingway pela cidade. 

.

Em qualquer bar ou hotel visitado pelo escritor encontram-se placas com frases auferidas a ele, estátuas ou lembretes de que o local era frequentado por Hemingway. Sua reminiscência é tão recorrente que na parede do bar e restaurante El Chanchullero encontra-se um gracejo em um cartaz que diz “Hemingway nunca esteve aqui” para ironizar os estabelecimentos que se beneficiam da fama de terem sido visitados pelo escritor.

.

"Aqui jamás estuvo Hemingway" - El Chanchullero.

.

Autor de obras aclamadas como “O Velho e O Mar”, “Adeus às Armas” e “Porque os Sinos Dobram”, vencedor do Pulitzer de Ficção (1953) e Nobel de Literatura (1954), Hemingway também foi jornalista e ávido opositor ao fascismo que se instalava na Europa durante os anos que precederam a Segunda Guerra Mundial.

.

 Hemingway chegou a Cuba pela primeira vez durante a década de 1920 e, após diversas idas e vindas, decidiu instalar-se definitivamente em Havana em 1939, de onde apenas sairia pouco antes de sua morte, em 1961.

.

Fidel Castro e Ernest Hemingway em torneio de pesca, 1960. Foto: Alberto Korda

.

Não há dúvidas de que o autor apaixonou-se pela bela ilha caribenha, onde podia exercer uma de suas maiores paixões - além da escrita -, a pesca, nas belas praias cristalinas do litoral cubano e desfrutar dos diversos drinques tropicais nos bares habaneros.

.

Confira nossa lista dos principais lugares frequentados por Hemingway que valem muito a pena você conhecer durante sua visita a Havana: 

.

Hotel Ambos Mundos 

.

Antes de mudar-se definitivamente para Cuba, Hemingway foi um cliente regular do hotel Ambos Mundos, localizado no coração de Habana Vieja, a calle Obispo. O escritor hospedava-se sempre no quarto 511. É possível visitar o quarto, onde ainda se encontram alguns de seus pertences, ou subir no terraço para tomar um drinque e apreciar a vista da cidade.  

.

Vista do terraço do hotel Ambos Mundos.

.

Endereço: Calle Obispo 153, Havana Vieja

.

El Floridita

.

Como consta em seu tributo “Mi mojito en La Bodeguita y mi daiquiri en El Floridita”, o bar e restaurante El Floridita era o local preferido para o escritor tomar o daiquiri. O local mantém a decoração clássica, conta com música ao vivo e o daiquiri realmente faz valer a fama: como Hemingway dizia, não se sente o gosto do álcool, é tão fácil ingerir como descer um monte cheio de neve esquiando.

.

Estátua de Ernest Hemingway e daiquiri no El Floridita

.

Endereço: Obispo 557, esq. Monserrate, Havana Vieja

.

La Bodeguita del Medio

.

Em um estilo mais rústico em comparação ao elegante El Floridita, o La Bodeguita é um bar e restaurante conhecidíssimo por seus mojitos, animados grupos musicais e refeições típicas, como a ropa vieja. A decoração conta com uma série de objetos atribuídos a celebridades que estiveram local, fotos e graffiti dos visitantes. 

.

La Bodeguita del Medio.

.

Endereço: Empedrado 207, Havana Vieja 

.

La Finca Vigia 

.

Após diversas visitas, Hemingway instalou-se definitivamente em Havana com sua família em uma fazenda afastada do agitado centro da cidade. Após sua morte, a casa foi transformada em um museu em sua homenagem e converteu-se em um dos pontos turísticos mais visitados de Havana. Tudo está como o escritor deixou, é possível observar todos os cômodos da casa e apreciar o ambiente mais rural da fazenda em torno. O barco Pilar, símbolo de uma de suas maiores paixões, que era velejar, está exposto perto da casa. 

.

Cômodo da casa de Hemingway em Finca Vigia.

.

Endereço: Calle Vigía y Steinhart, San Francisco de Paula

.

Las Terrazas

.

Também mais afastado do centro da cidade, nossa última recomendação é o restaurante Las Terrazas, em Cojimar. Conta-se que o escritor costumava passar por lá nos dias em que pescava pela região. O local está repleto de fotos e conta com uma belíssima vista da baía de Cojimar. 

.

Endereço: Calle 152 #161, Cojimar

Deixe um comentário

WhatsApp Contato por WhatsApp