Mijaín López: o maior lutador olímpico da história

Publicado por Dicas sobre CUBA em

Mijaín López: o maior lutador olímpico da história

Nas Olimpíadas de Tóquio, Cuba mantém a tradição de brilhar nos esportes de luta. No último 2 de agosto de 2021, Mijaín López ganhou a quarta medalha de ouro olímpica consecutiva na luta Greco Romana, categoria de 130 kg.

López venceu o georgiano Iakobi Kajaia, que ficou com a prata, na grande final da modalidade. O atleta cubano chegou ao ouro olímpico sem conceder um ponto sequer a seus adversários em toda a competição.

Após a vitória, López dedicou a medalha a Fidel Castro, pelo seu “enorme compromisso para com o povo cubano”.

Mijaín López, o maior lutador olímpico da história. Foto: Ryan Pierse/Getty Images.

Com a conquista, tornou-se o maior lutador olímpico da história e passou a integrar o seleto grupo de atletas homens quatro vezes campeões de forma consecutiva e na mesma modalidade.

Até então, tal feito só foi alcançado pelos estadunidenses Michael Phelps (natação), Carl Lewis (salto em distância) e Alfred Oerter (lançamento de disco), além do dinamarquês Paul Evstrom (vela).

Atleta cubano chegou ao ouro olímpico sem conceder um ponto sequer a seus adversários. Foto: Roberto Morejón.

Mijaín López iniciou no beisebol e depois migrou para os esportes de luta. Segundo ele, a chave do sucesso é “trabalhar muito, com disciplina e esforçar-se ao máximo pelas cores do seu país”.

Além da vida de atleta, ele atua como deputado da Assembleia Nacional do Poder Popular, eleito para representar os seus conterrâneos de Consolación del Sur, município da província de Pinar del Río.

Mijaín e seu treinador se abraçam após a vitória olímpica em Londres 2012. Foto: Inder/Cuba.

Desempenho de Mijaín López em olimpíadas

Atenas, 2004 – 4a colocação

Pequim, 2008 – Ouro

Londres, 2012 – Ouro

Rio, 2016 – Ouro

Tóquio, 2020 – Ouro

Categorias: Esporte

0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *