Ricardo Darín, o ícone do cinema está em Cuba!

41º Festival Internacional de Novo Cinema Latino-Americano

 

Acontece em Havana o 41º Festival Internacional de Novo Cinema Latino-Americano, em edição dedicada ao centenário do cineasta cubano Santiago Álvarez, aos 60 anos do Instituto Cubano de Arte e Indústria Cinematográfica (Icaic) e os 60 anos da Revolução Cubana. O evento é o maior no país dedicado ao cinema! 

.

.

Pela primeira vez, houve a participação do prestigiado Balé Nacional de Cuba (BNC), que apresentou trechos do clássico "Quebra Nozes" coreografado pela ex-diretora da instituição, Alicia Alonso, Prima Ballerina Assoluta de Cuba e uma das mais reconhecidas mundialmente. Devido ao seu falecimento recente, prestou-se a homenagem com, além da apresentação do balé, um material audiovisual em lembrança da trajetória de Alonso. 

.

alicia alonso

.

A Odisseia dos Tontos

 

Outro destaque é a participação do ícone do cinema Ricardo Darín. O ator e diretor foi a Cuba representar o filme “A Odisseia dos Tontos”, em que seu filho Ricardo Mario Darín também atua. 

Um grupo de habitantes de uma cidade da Argentina decide depositar todas as suas economias em um banco para criar uma cooperativa agrícola que, eles acreditam, mudará seu destino. No entanto, eles se descobrem vítimas após um decreto de congelamento das poupanças pelo governo, em que um cidadão mal intencionado sequestra o dinheiro depositado e deixa os moradores sem nada. O longa narra a história da vingança do grupo de maneira humorística e com muitas críticas, referências e piadas da política argentina. 

.

.

Com sua primeira projeção em Havana, a recepção positiva do público cubano encheu o ator de satisfação. Darín descreveu o cinema latino-americano como uma “obra de corajosos”, pois com pouco recurso, retrata histórias que não se alimentam de espetáculos e efeitos especiais majestosos. Ele também reconheceu o gosto dos espectadores cubanos pela sétima arte, comentando com os presentes que é difícil encontrar outra cidade no mundo com o mesmo engajamento da capital cubana.

Até o dia 15, estarão sendo exibidos no festival 300 filmes de 37 países diferentes. A agenda está disponível em: http://habanafilmfestival.com/

.

cinema em cuba

Deixe um comentário

WhatsApp Contato por WhatsApp