26 de Julho: significado histórico e onde celebrá-lo no Brasil

Publicado por Dicas sobre Cuba em

No próximo dia 26, sexta-feira, celebra-se em Cuba o Día de la Rebeldía Nacional. Há 66 anos, Fidel Castro liderava o assalto aos quartéis Moncada, em Santiago de Cuba, e Carlos Manuel de Céspedes, em Bayamo, estratégicos para obter armamentos para a guerrilha revolucionária que se opunha à ditadura de Fulgencio Batista.

.

Museu 26 de Julho em Santiago de Cuba.

.

A conjuntura da época era marcada pela crise econômica, que relegou milhares à informalidade, à precarização e à fome, e pela instabilidade política, na qual os EUA patrocinaram um golpe de Estado para posicionar, novamente, um governante alinhado aos seus interesses neocoloniais na ilha.

.

história de cuba

Braçadeira do Movimento Revolucionário 26 de Julho.

.

Contudo, a operação contra os quartéis não obteve sucesso: dezenas de guerrilheiros morreram, a maior parte não em combate, mas após serem brutalmente torturados.

.

Quartel Moncada, hoje transformado na Ciudad Escolar 26 de Julio

.

No entanto, a conquista de grande apoio popular aos guerrilheiros e a intensificação da oposição ao governo foram consequências políticas do assalto aos quartéis que Bastista não esperava.

A data da operação passou a denominar o grupo revolucionário liderado por Fidel, “Movimiento Revolucionario 26 de Julio” (MR 26-7). Em maio de 1955, depois de forte pressão popular, Fidel Castro e os demais revolucionários que permaneciam encarcerados foram libertados e prosseguiram com a luta contra o regime vigente até o triunfo da Revolução, quatro anos mais tarde.

.

Rebeldes libertados em maio de 1955. Fonte: Arquivo Granma

.

Depois da Revolução, a data foi convertida em feriado nacional e, neste dia, rememora-se os revolucionários que foram assassinados em nome da causa social na qual acreditavam e o acontecimento que é considerado o ponto inaugural do período de lutas contra o imperialismo e à tirania de Batista.

.

Frase de Raúl Castro no Museu 26 de Julho.

.

No Brasil, o movimento de solidariedade a Cuba,  através das Associações Culturais José Martí, organiza eventos para celebrar o 26 de julho. Saiba onde participar:

.

Associação Cultural José Martí do Rio Grande do Sul (RS)

https://www.facebook.com/events/334101043925953/

.

.

Associação Cultural José Martí da Baixada Santista (SP)

https://www.facebook.com/events/330962887814343/

.

.

Armazém do Campo, MST São Paulo (SP)

https://www.facebook.com/events/476618119577620/

.

 

.

Comitê Carioca de Solidariedade a Cuba e Movimento Paulista de Solidariedade a Cuba (RJ e SP)

https://www.facebook.com/events/2391399630918732/

.

.

Raízes do Brasil e Comitê Carioca de Solidariedade a Cuba (RJ)

https://www.facebook.com/events/1618790954919032/

.

.

Associação Cultural José Martí de Minas Gerais (MG)

https://www.facebook.com/events/2584629311550310/

.

.

Casa de Amizade Brasil - Cuba do Ceará (CE)

https://www.facebook.com/events/347809729480458/

.

 

Categorias: Sem categoria

0 comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.