Telégrafo: o primeiro hotel LGBTQI+ em Cuba

Publicado por Dicas sobre CUBA em

Telégrafo: o primeiro hotel LGBTQI+ em Cuba

Dia 29 de junho, no mês dedicado ao orgulho LGBTQI+, um comunicado oficial da empresa de turismo cubana Gaviota anunciou a reabertura em Havana do hotel Telégrafo, agora transformado no primeiro hotel do país dedicado a essa comunidade.

O Grupo Gaviota em parceria com a rede hoteleira espanhola Axel serão os administradores do hotel. O comunicado explica que a decisão de direcionar o empreendimento ao público LGBTQI+ é um sinal da “evolução de uma sociedade cubana, que avança na inclusão e no apoio aos direitos de grupos historicamente marginalizados”.

Anúncio realizado no Dia do Orgulho Gay. Foto: página do grupo Gaviota.

A Axel Hotels é uma cadeia internacional de hotéis voltada para a comunidade LGBTQI+ e hetero friendly. Portanto, a diretora de comunicação e marketing da rede, Silvia Pérez, reforçou que o hotel estará aberto para acolher qualquer pessoa, independente de sua orientação sexual.

O Telégrafo abriu suas portas pela primeira vez em 1860, sendo um dos mais antigos de Havana. Situado entre as calles Prado e Neptuno, uma localização muito central na capital – no coração da Habana Vieja – o hotel fica perto de locais famosos como o Capitolio Nacional, o Gran Teatro Alícia Alonso e o Parque Central.

Fachada do Hotel Axel Telégrafo. Foto: site do Hotel.

O estabelecimento de classificação 4 estrelas contará com a disponibilidade de 63 quartos, além de instalações como restaurantes, spa, academia, bar e terraço com piscina e solarium.

Quando a situação sanitária permitir, com o avanço da imunização da população local e a diminuição dos casos de Covid-19, o hotel estará efetivamente aberto ao público. No momento, apenas alguns hotéis da capital estão recebendo turistas.

Restaurante do hotel. Foto: site do Hotel.
Categorias: Notícias

0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *