Pinar e Viñales

Pinar del Río e Viñales

.

"Los Mogotes" em Valle Viñales.

.

A oeste de Havana estão as províncias de Artemisa e Pinar del Río. Artemisa abriga o porto de Mariel. Em Pinar del Río, estão as cidades turísticas de Valle Viñales, Cayo Jutías, a capital de mesmo nome, Pinar del Río, San Juan y Martínez e María de la Gorda, sendo este último um dos melhores pontos para mergulhar na ilha. As paisagens naturais da região, favorecidas com praias paradísiacas, campos, cavernas e grutas, entre outras formações,  impressionam seus visitantes.

.

.

Valle de Viñales

.

O Valle de Viñales, declarado Paisagem Cultural da Humanidade pela UNESCO, é uma pequena cidade, localizada numa planície e cercada de montanhas. Impressiona sua geografia e clima bucólico. Os "morros" de Viñales, que integram a Sierra de los Órganos, chamam-se "mogotes", as elevações geológicas mais antigas de Cuba, que formam um espetáculo para quem observa o pôr do sol desde o mirante do Hotel Los Jazmines, lugar ideal para os amantes da natureza que buscam tranquilidade.

.

Fim de tarde nas ruas de Viñales. Foto: Ticiana Amaral.

.

A cidade é agradável, o visitante pode se hospedar em casa de família cubana ou em hotel. Viñales conta com boas opções de restaurantes, casas de câmbio, mercadinhos e lojinhas para comprar  artesanato. O ponto de internet é na praça ou nas proximidades da empresa de telefonia ETECSA.

.

Hotel Los Jazmines

.

O Hotel Loz Jazmines é um dos melhores de Viñales e conta com uma vista encantadora para os mogotes do vale. Fica afastado do centro da cidade, a 4 km. Existe um mirante público, de onde foi tirada a foto abaixo, uma das atrações imperdíveis. O acesso ao mirante é gratuito.

.

Vista dos "Mogotes" do mirante do Hotel Los Jazmines.

.

Fincas de Tabaco

.

As fincas de tabaco da cidade são pequenas propriedades rurais onde os agricultores mostram aos turistas um pouco do processo de cultivo do tabaco. Na entrada de Viñales existe uma finca e você pode visitá-la.

.

Trabalhador mostra aos turistas o processo de confecção dos charutos.

 

.

Outra possibilidade é contratar um passeio, geralmente sai pela manhã. Você fará uma cavalgada até uma finca de tabaco, conhecerá um pouco sobre como são feitos os melhores charutos do mundo e participará de uma degustação.

.

Passeio a cavalo com visita a Fincas de Tabaco, Viñales.

.

Degustação do autêntico charuto cubano.

.

Cueva del Índio e Cueva de Santo Tomás

Dentro dos Mogotes, a erosão da água formou, ao longo dos anos, grandes cavernas. A maior delas é a Cueva de Santo Tomás, com 47 km de extensão. Outra bastante conhecida e explorada é a Cueva del Índio, onde dentro corre um rio.

A origem do nome está relacionada aos vestígios dos indígenas Guanahatabeyes. No passeio pela Cueva del Índio você conhecerá um pouco sobre a história da região, visitará o interior da caverna e percorrerá em um bote uns 250 metros do rio.

.

Explorando La Cueva del Indio.

.

Mural de la Prehistoria

.

O Mural de la Prehistoria é uma obra do pintor cubano Leovigildo González Morillo que representa o processo evolutivo do homem e dos animais. Orillo, já falecido, foi aluno do pintor mexicano Diego Rivera.

.

..

"Mural de la Prehistoria", de Leovigildo González Morillo

.

A obra tem 120 metros de altura e 180 de comprimento. O Mural fica em um parque que conta com estrutura, bar e restaurante.

.

Cayo Jutías

.

Cayo Jutías é uma praia linda a 55 km de Viñales. Dá para ir em táxi compartilhado, passar o dia na praia e retornar à tarde. Saia cedo, não pense em sair de Viñales depois do almoço, pois a estrada não é boa e a viagem demora. A praia conta com um restaurante para almoçar e comprar muitos mojitos e cervejas.

.

.

A praia é um espetáculo: água cristalina e calminha. A dica é caminhar pela praia e conhecer partes praias desertas.

.

Caminhada pela praia em Cayo Jutías.

.

Pinar del Río

.

Pinar del Río, fundada em 1867, é a capital da província de mesmo nome. É uma cidade bonita, com uma arquitetura eclética, com predomínio do art nouveau. O Palácio de Guash, atual Museu de História Natural, é um dos prédios que se destaca.

A região é conhecida por solos férteis para produção de tabaco. Na zona rural, encontram-se os guajiros, trabalhadores camponeses.

.

Trabalhado Guajiro, camponês cubano.

.

Aos amantes do mundo dos charutos, recomendamos uma visita a Fábrica de Tabacos Francisco Donatién, na Calle Antonio Maceo # 157. Aqui você vai conhecer e acompanhar o processo artesanal de fabricação dos charutos.

.

Fábrica de Tabacos Francisco Donatién, Pinar del Río.

.

San Juan y Martínez

.

San Juan y Martínez é considerada a "Meca do Mundo dos Charutos", pois pertence a região de Vuelta Abajo, onde estão as melhores terras da ilha para plantar tabaco. Na cidade estão as principais plantações e a tradicional finca Hoyo de Monterrey, fundada em 1860.

.

Finca Hoyo de Monterrey.

.

Você pode contratar um especialista em Habanos. Na entrada de San Juan y Martínez ficam alguns cubanos oferecendo o telefone de contato dos especialistas. Outra opção, igualmente interessante e enriquecedora, é conversar com os trabalhadores das cooperativas e ter uma aula prática.

.

.

Trabalhadora da Finca Hoyo de Monterrey ensinando sobre "El Mundo del Habano".

.

María la Gorda

.

María La Gorda é uma cidade situada no extremo ocidente da ilha, na Reserva da Biosfera da Península de Guanahacabibes. É bastante procurada para prática de mergulho e atividades náuticas, por manter preservados os seus fundos marinhos, rica fauna, abundantes populações de coral e numerosos restos de naufrágios.

O Centro Internacional de Buceo Gaviota María la Gorda (CIB) é o destino preferido dos amantes do mergulho. A região oferece 50 pontos de mergulho em águas cristalinas e transparentes. No CIB María la Gorda existe um hotel e toda a estrutura necessária para prática de mergulho.

 .

Centro de Mergulho María La Gorda.

WhatsApp Contato por WhatsApp